2,50 é um roubo!

Você já andou de ônibus assim...

Quem se espreme diariamente na caixa de lata sabe que é. Quem labuta, rala, quem tem pouco, nada ou quase nada, sabe que é. O moço e a moça de uniforme azul, cinza, no troco ou no volante sabem que é. O balconista, a caixa e o dono da padaria sabem que é. Quem tem hora a cumprir, quem não é marajá, quem corre contra o tempo sabe que é. E o que dizer dos que não querem ir, mas que têm de ir, e dos que querem, mas não podem, não têm como. Estes também sabem que é.

Todos sentirão negativamente os efeitos do aumento de passagens de ônibus em Macaé. O estudante, o trabalhador e o dono do comércio.  O aumento beneficiará apenas a Macaense/1001, empresa que detém o monopólio do transporte público na cidade e, uma das integrantes do oligopólio regional e estadual de transportes públicos. Essa empresa literalmente manda no jogo político macaense e, por isso consegue aliar péssima remuneração de seus trabalhadores, má prestação de serviço, desrespeito ao cidadão e a manutenção de sua exclusividade criminosa na exploração da concessão desse serviço público sem que nada seja feito pelo Poder Público.

A cidade não para, a cidade não pode parar, mas ela só pode rodar nas rodas deles. Nas rodas dos donos do poder, eles mandam na vida de todos, tentam nos fazer marionetes, sugam nosso trabalho, nossa energia, nossos dias, mas, ah… não conseguem sugar nossa felicidade. Não conseguem atingir a força de nossa utopia.

Na certeza de que só coletivamente é possível mudar o rumo das coisas combatendo as opressões e explorações por todos os meios possíveis e principalmente nas ruas, nessa segunda, 24 de Janeiro, cerca de 50 manifestantes juntaram-se para protestar iniciando um movimento popular contra o abusivo aumento da passagem no município de Macaé. Iniciativa que contou com a presença de estudantes e trabalhadores, com o apoio do SINDIPETRO – Oposição Petroleira e participação de militantes do PSOL, PSTU e da esquerda do PT, ligados ao mandato do vereador Danilo Funke, além de militantes anarquistas.

Foi uma pequena manifestação no Terminal Central, primeira de muitas, mas que provocou bons ruídos. Buscando não atrapalhar ainda mais a conturbada rotina do trabalhador na sua volta para casa, os manifestantes chamaram a atenção com seus cartazes e palavras de ordem, instigando todos à reflexão para as arbitrariedades cometidas pela Prefeitura de Macaé e das ligações escusas entre o Poder Público, os políticos e o interesse privado. O protesto recebeu apoio dos populares que passavam pelas ruas, dos motoristas, motoqueiros, dos passageiros de ônibus. Os manifestantes paravam os ônibus por alguns instantes e perguntavam para motoristas e trocadores se eles tiveram aumento de salário. Todos afirmaram que não.

É na rua que o trabalhador consegue conquistas.

Pontos a serem refletidos e que causam profunda indignação: o aumento das tarifas não se reflete no aumento salarial dos trabalhadores do transporte público macaense; a empresa é uma das maiores doadoras da campanha dos Mucci e do PMDB, tanto do recém eleito deputado federal Adrian, como do prefeito Riverton; o aumento foi decretado à total revelia dos cidadãos macaenses e mesmo da Câmara de Vereadores e a prefeitura ainda se nega constantemente a abrir as planilhas de custos, mesmo para o vereador Funke que já solicitou por diversos requerimentos, agindo o Governo municipal ao total arrepio da legalidade e da transparência.

Primos Riverton, prefeito e Adrian dep. federal do PMDB: unidos prá lesar o seu bolso.

O município de Macaé poderia dispôr de ônibus de qualidade, com conforto,  segurança, 24 horas e diversos horários para todos os bairros gratuitamente através de um empresa pública ou cobrando preço simbólico ao trabalhador. Mas isso não interessa prá quem lucra com o monopólio.

Mas a luta continua e a exemplo de diversos lugares do país, os trabalhadores e estudantes macaenses se manterão mobilizados contra esse absurdo. O próximo ato público será na praça Veríssimo de Melo na terça-feira dia 1 de fevereiro as 18h, centro. Nos vemos lá porque 2,50 é roubo!


Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s