Arquivo do mês: maio 2011

Situação no Sindipetro-NF utiliza aparato do sindicato na disputa eleitoral.

Por Oposição NF – Chapa 2 

Sede do SindiPetro-NF: um sindicato dominado pelo peleguismo corrupto.

Abuso do poder econômico, distribuição de brindes e camisetas, mulheres contratadas como cabos eleitorais em busca de eleitores nos aeroportos, com clara conotação machista e uso da máquina para se manter no poder a qualquer custo. Nas eleições do Sindipetro-NF, essa é a marca registrada da Chapa 1, a chapa da situação (CUT, CTB, Articulação-PT, PCdoB e Governo).

Essa conduta, que mancha a democracia e a lisura da disputa, vem acompanhada de um “mar de lama” visto cotidianamente em eleições oficiais, onde políticos corruptos com a finalidade de se perpetuar no poder, propositalmente das mais baixas acusações, para impedir o debate de ideias e propostas afim sufocar a insatisfação da população numa poderosa tsunami de sujeiras e baixaras. Na categoria petroleira não é diferente.

A “justiça” do processo eleitoral do Sindipetro-NF é a comissão eleitoral. Assim como ocorre nas demais áreas da sociedade, em que a justiça está a serviço daqueles que oprimem os trabalhadores, no Sindipetro-NF a “justiça”, leia-se Comissão Eleitoral, também não está a serviço da categoria. Pelo contrário, cumpre um papel de fiel escudeiro da chapa da situação, a chapa 1, há 15 anos no poder. Continuar lendo

Anúncios

Notas sobre a suspensão do repasse financeiro da Ministério da Saúde à Prefeitura Municipal de Rio das Ostras

Por Matheus Thomaz

Câmara aprova CPI da Saúde.

Um Blog aqui da região, noticiando a aprovação de uma CPI da Saúde apresentou uma portaria do Ministério da Saúde oficializando um bloqueio de repasse de financiamento para políticas pertinentes à saúde pública.

Primeiro uma familiarização com os termos colocados na portaria. Trata-se do bloqueio do repasse de verbas do bloco da vigilância em saúde, conforme estabelecido no Pacto pela Saúde. Mas o que é o Pacto pela Saúde? Nas palavras do próprio Ministério da Saúde:

É um acordo assumido entre os gestores responsáveis pela implementação do Sistema Único de Saúde, ou seja, os secretários municipais, estaduais, do Distrito Federal e o ministro da Saúde, com o objetivo de estabelecer novas estraté­gias na gestão, no planejamento e no financiamento do sistema de forma a avançar na consolidação do SUS. O Pacto envolve ainda o compromisso de ampliar a mobilização popular e o movimento em defesa do SUS. Continuar lendo

Slavoj Zizek, um sujeito incômodo

Por Vivian Whiteman

“Em que espécie de mundo estamos quando Hollywood precisa retirar o sexo dos filmes?”, pergunta Slavoj Zizek, ao comentar a súbita frigidez de James Bond no último episódio da saga, “Quantum of Solace”, um sinal da “economia do medo” que, segundo ele, rege as relações humanas contemporâneas.

Provocador nato e defensor ousado de uma nova encarnação do comunismo, Zizek vem ao Brasil nesta semana para divulgar seus últimos livros lançados no país: “Em Defesa das Causas Perdidas” e “Primeiro como Tragédia, Depois como Farsa”. Em São Paulo, no dia 21, participa do Projeto Revoluções (inscrições em revolucoes.org.br), organizado pela editora Boitempo. No dia 24, fala no Cine Odeon, no Rio, para as mais de 2.000 pessoas que se inscreveram para vê-lo. Continuar lendo