Arquivo do dia: 11 11UTC julho 11UTC 2011

A encalacrada de Cabral

Por Léo Lince

Cabral e Eike: amizade que mistura o público e o privado.

O governador do Rio de Janeiro, Sérgio Cabral, bordejou a morte na tragédia de Trancoso. Vidas inocentes ceifadas, perda de amigos, o risco de estar ele próprio no helicóptero que caiu, são acontecimentos capazes de provocar abalo até no mais insensível dos mortais. Apesar de tantos abalos, a maior preocupação do governador, a julgar pelas providências tomadas após o fato lutuoso, foi com a própria sobrevivência política.

Por incrível que pareça, circulam até hoje versões desencontradas sobre a viagem do governador ao sul da Bahia. A primeira tentativa, baldada, foi ocultar o motivo da viagem. Como não deu para abafar o caso, a primeira versão oficial dizia que o governador fora amparar o filho, depois do acidente que vitimara sua namorada. Era mentira deslavada. Durou pouco. Continuar lendo

PSOL representa contra senador Alfredo Nascimento no Conselho de Ética

O corrupto senador do PR e ministro de Dilma e Lula.

O PSOL entrou nesta quinta-feira (7) com uma representação no Conselho de Ética do Senado pedindo a apuração de possível quebra de decoro do senador Alfredo Nascimento (PR-AM). Ex-ministro dos Transportes, Nascimento tem mandato até 2016, e deve reassumir nos próximos dias o cargo no lugar do suplente João Pedro (PT-AM). Ele pediu demissão da pasta com o agravamento da crise iniciada com reportagem da revista Veja. “Não aceitamos que uma pessoa com esse currículo e com essas denúncias tenha uma cadeira no Senado”, disse a senadora Marinor Brito (Psol-PA).

De acordo com a revista, figuras ligadas ao PR e ao ministério cobravam propina de 4% de seus fornecedores em troca de licitações, com garantia de superfaturamento de preço e generosos aditivos. Nascimento e o deputado Valdemar Costa Neto (PR-SP) são apontados como dois dos coordenadores do esquema. A situação piorou com revelação do jornal O Globo. O periódico mostrou que o filho do ministro, Gustavo Morais Pereira, tem uma empresa com o espetacular crescimento de 86.500%, que indiretamente negociava com empresas que recebem verbas da pasta. Continuar lendo