PSOL apóia a greve dos trabalhadores técnico-administrativos das Universidades Federais

Os trabalhadores técnico-administrativos das Universidades Federais encontram-se em greve nacional desde o último dia 06 de junho, em decorrência da total inexistência de contra-propostas do Governo em relação à pauta dos trabalhadores. Os vários esforços para concretizar uma negociação, que os trabalhadores desenvolvem desde 2007, só encontraram calendários de postergação de parte do Governo, visando manter o arrocho e as distorções, e ao mesmo tempo frear pelo máximo tempo possível qualquer luta direta.

Demonstrando seus compromissos com o capital financeiro e com o superávit para financiar a sangria da dívida, o Governo Dilma desde o início demonstrou suas intenções: oficializar o arrocho e o congelamento dos salários do funcionalismo, ausência de propostas às várias carreiras, cortes no orçamento, suspensão de concursos e nomeações, criação de fundos privados de previdência para acabar com os direitos atuais, e privatizações, inicialmente com a transformação dos hospitais universitários em empresas, através do projeto de lei 1749/11. A essas medidas, soma-se agora o anúncio do ataque aos aposentados, cancelando o aumento real para 2012.

O governo Dilma desconhece o direito de greve e de negociação coletiva, e mostra sua truculência e arbitrariedade, recusando-se a negociar com os representantes dos trabalhadores, não recebendo o Comando de Greve desde o início do movimento. E, como se não fosse o bastante, buscou operar para que o setor cutista tentasse enfraquecer o movimento de greve e propusesse a sua suspensão, o que não foi  aceito pela base da categoria.

O funcionalismo começa a reagir de conjunto, e demonstra um processo de resistência às medidas do Governo. Em 01 de agosto os trabalhadores da base do SINASEFE entraram em greve, e várias outras categorias vem discutindo sua mobilização e indicativos, além de estarem reforçando a marcha do dia 24 próximo.

Nesse contexto, o aspecto mais truculento do Governo vem à tona, com a tentativa de criminalização do movimento sindical, nesse momento através do ingresso da AGU no STJ, pedindo a ilegalidade da greve e multa diária de R$ 100.000,00 à Fasubra e cada um de seus sindicatos filiados. Essa ação, à revelia da posição das Universidades, encontrou amparo parcial no STJ, com deferimento em caráter liminar, de retorno de 50% dos trabalhadores ao trabalho, e multa diária de R$ 50.000,00 em caso de descumprimento.

Com determinação e resistência a greve segue, com participação dos trabalhadores de 47 Universidades, e uma sólida marcha e acampamento em Brasília, realizados nos últimos dias 09, 10 e 11.

O PSOL, solidário e apoiador da luta dos trabalhadores das Universidades, empenha seu compromisso militante e parlamentar em prol da luta dessa categoria, e resolve:

– Dar ampla solidariedade e divulgação da greve dos trabalhadores das Universidades, orientando a divulgação do movimento nos espaços  partidários, listas de discussão, redes sociais, sites do partido e outros.

– Repudiar a interferência da Justiça do Trabalho no sentido de coibir o legítimo direito de greve dos trabalhadores.

– Manter e intensificar nossa intervenção parlamentar em apoio ao movimento, com o empenho em utilizar os espaços institucionais, a tribuna e a pressão parlamentar pela abertura imediata de negociações.

– Encaminhar documento à Presidente Dilma Rousseff, condenando a arbitrariedade ao deferir ataque representado no pedido de ilegalidade da greve, exigindo a retirada da ação, o respeito à autonomia universitária, e a não criminalização dos movimentos sociais.

– Orientar às entidades sindicais, oposições, movimentos populares e estudantis a aprovarem moções de apoio em suas instâncias, e divulgarem a greve, utilizando seus espaços de comunicação próprios em apoio à Greve. Além disso, orientamos a necessária integração de militância e atividades, orientando a realização de atos de apoio e atos conjuntos, para dar maior visibilidade ao movimento grevista.

Secretaria Sindical do PSOL,
16 de agosto de 2011

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s