Arquivo da tag: Macaé

Em Macaé, Vereador Socialista com coragem para lutar contra o balcão de negócios da Câmara Municipal!!!

Anúncios

Telemarketing: um trabalho baseado na opressão e super exploração!

O telemarketing é um dos setores que mais cresce no Brasil. São um milhão de trabalhadores. A maioria é de jovens que não possuem experiência formal no mercado de trabalho. Mas o sonho realizado de obter o primeiro emprego vira pesadelo já nas primeiras semanas de trabalho.

São postos acompanhados de alto índice de estresse, doenças relacionadas ao trabalho, salários baixos, assédio moral, etc. As empresas de telemarketing contratam jovens, mulheres e homossexuais, que aceitam trabalhar em péssimas condições para não ficarem desempregados.

Jovens, mulheres e homossexuais, setores mais oprimidos constituem força de trabalho preferida das empresas de telemarketing.

Não é à toa que 70% dos empregados no telemarketing têm de 18 a 26 anos e 76% são mulheres. Esta forma de exploração ganhou nome e se tornou um conceito valioso para as empresas, é o “turn over”, que serve para “estimular e motivar o trabalhador a trabalhar mais”, pois quem não bate a meta é demitido. Assim, a rotatividade no telemarketing é muito grande. Continuar lendo

Nota de Esclarecimento sobre a (não) filiação de Fred Kohler, em Macaé

O PSOL Serramar, núcleo de base, de articulação regional da militância e dos filiados do PSOL nas cidades de Casimiro de Abreu, Rio das Ostras e Macaé, reconhecido pelo partido e suas instâncias, vem a público esclarecer que o cidadão Fred Kohler não é pré candidato a prefeito de Macaé pelo PSOL.

Cabe-nos informar que o mesmo tentou filiar-se ao partido e teve o seu pedido negado pela Direção Estadual, pois não possui histórico ou preenche o perfil ideológico e político coerente com o programa e os objetivos do PSOL.

O cidadão que já esteve vinculado ao Governo Riverton e que nos últimos 3 anos pertenceu a diferentes partidos da ordem burguesa, como o PMDB de Cabral, Sarney, Michel Temer, e à época de Rosinha e Garotinho, e recentemente ao PDT (que nem de longe representa o progressismo do tempo de Brizola e hoje é um partido acessório do Governo Dilma, contra os trabalhadores), vem espalhando, com auxílio de seus aliados, que seria pré candidato do PSOL à prefeitura em Macaé sem sequer estar filiado!

Rechaçamos essa atitude leviana que não condiz com a prática do PSOL.

O PSOL aproveita para esclarecer que possíveis candidaturas em 2012 serão construídas coletivamente no interior do núcleo e do diretório municipal com a militância social e política em aliança com os movimentos sociais da classe trabalhadora.

Não nos pautamos em indivíduos, negociatas ou em caciques donos de legendas, coisa comun em outros partidos, mas em ações que representem a luta coletiva dos trabalhadores com vistas a uma sociedade socialista e libertária.

Qualquer filiação que não passe pelo núcleo do PSOL e suas instâncias, e que não seja oriunda de uma militância e luta real por um novo projeto de sociedade, contra a opressão e a exploração dos trabalhadores, será questionada.

Qualquer pessoa que não seja militante do núcleo PSOL Serramar, da célula de Macaé, está desautorizada a falar pelo partido na cidade.

Rechaçamos por fim o oportunismo político eleitoral tão comum em nossa região, afirmando que o PSOL não é partido de aluguel ou de conveniência, mas um partido que se insere nas lutas sociais e que recebe de braços abertos o povo trabalhador, militantes verdadeiramente de esquerda, anti-capitalistas e que não se rendem à ordem, não a reproduzem e nem travam acordos com a direita opressora e exploradora.